03:15
Brasil Tempos de Pandemia

Pacientes do Dr Claudio Miranda se beneficiaram com o tratamento precoce da COVID-19.

Segundo registros do médico, 110 pacientes receberam prescrições e venceram a doença.

06/03/2021 14h07 Atualizada há 3 meses
Por: Willian Nunes
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

NOVA ONDA DE COVID 19 - REFLEXÕES E ESPERANÇA

Um tsunami se aproxima do Brasil, podendo o caos na saúde se instalar definitivamente nas próximas semanas. O surgimento de novas cepas do vírus da Covid-19 e sua aparente resistência à imunidade induzida pelo vírus original, tanto nos casos de infecção como na vacinação, aumentam as incertezas quanto à nossa capacidade de enfrentar e vencer essa nova onda.

A situação já precária da Saúde Pública previamente à Epidemia, com os crônicos problemas de financiamento e gestão do SUS, o ritmo lento da vacinação e a resistência da população, especialmente os mais jovens, ao cumprimento das medidas de proteção, contribuem para o agravamento do quadro.

Novas medidas restritivas já começam a ser implantadas, mas já há sinais de discordância entre os gestores quanto à sua eficácia.

É preciso retomar o debate a respeito do Tratamento Precoce da Covid-19.

Em Maio de 2020, em Belém–PA, ocorreu a falência total do sistema de saúde, público e privado, com pessoas morrendo nas portas de Hospitais superlotados. Nesta época, prevalecia a conduta do “fique em casa e só procure tratamento de tiver falta de ar”.  Diante da tragédia e do caos, os médicos de Belém iniciaram a prescrição do Tratamento Precoce, ou seja, passaram a usar alguns medicamentos na fase inicial da doença, copiando o que já era feito em outros países, como França e Espanha.

Os resultados foram espantosos, com a imediata e drástica redução das internações e a volta da oferta de leitos hospitalares aos que necessitavam.

Apesar das ácidas críticas daqueles que discordam do tratamento precoce, muitas delas com motivações político – ideológicas, o fato é que a experiência de Belém, agora já reforçada por várias outras cidades, comprova a eficácia do tratamento na fase inicial da doença. Ele impede a evolução para fases mais avançadas e complicadas, reduzindo a necessidade de internação e ventilação mecânica, bem como os óbitos.

Se de início os críticos cobravam evidências científicas, estas estão se multiplicando nos últimos meses, reforçando a validade da conduta.

Faço parte desde que conheci a experiência de Belém do grupo de médicos brasileiros que optou pela defesa da vida, pelo tratamento precoce da Covid-19, usando medicamentos baratos, eficazes e disponíveis, como Hidroxicloroquina, Ivermectina, Azitromicina, Zinco, etc.

Desde Junho de 2020, atendi e recomendei estes medicamentos a cerca de 110 pacientes. Nenhum foi hospitalizado.  Não houve sequer um óbito. Como não valorizar estas evidências clínicas? É triste ver quem nunca teve sob sua responsabilidade uma vida humana criticar de forma até jocosa os profissionais comprometidos com a tentativa de salvá-la. 

Pessoalmente, sempre defendi a autonomia do médico, compartilhando as decisões com os pacientes e familiares, além das medidas de distanciamento, higiene, vacinação e tratamento precoce. Cada uma tem sua importância, não podendo ser de forma alguma desprezada.

O tempo para aprendizado acabou. É preciso evitar as mortes que virão nessa nova onda, utilizando todos os recursos disponíveis.

Senhores gestores públicos, é hora de medidas corajosas e contundentes. O tsunami vem aí e o futuro vai julgar as atitudes, ou falta delas, de cada um de nós.

Drº Claudio Ernani Marcondes de Miranda – médico cardiologista

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jundiaí - SP

Jundiaí - São Paulo

Sobre o município
Jundiaí é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo. Localiza-se a 23º11'11" de latitude sul e 46º53'03" de longitude oeste, a uma altitude de 762 metros. Dista 57 quilômetros de São Paulo
Várzea Paulista - SP
Atualizado às 03h01 - Fonte: Climatempo
16°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 24°

16° Sensação
6.2 km/h Vento
73.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Terça (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva